Bem estar

Fruta do conde: para que serve e seus benefícios

A fruta do conde é uma fruta que já está presente no  Brasil há alguns séculos, porém muitas pessoas não conhecem o sabor e nem os diversos benefícios para a saúde. A fruta ainda é objeto de estudos, a fim de conhecer todos os seus princípios ativos e benefícios nutricionais que ainda não foram mapeados.

De aparência exótica, gosto doce, e um pouco ácido, a verdade é que a fruta do conde é capaz de conquistar vários paladares e oferecer diversos benefícios para o organismo humano. Não é à toa que cada vez mais o seu consumo tem sido indicado e estudado.

Inclusive, a fruta do conde é um ótimo aliado para retardar algumas doenças. Quer saber mais sobre o assunto? Então é só se manter nesse artigo.

O que é a fruta do conde?

De nome científico Annona squamosa, algumas pessoas a conhecem pelo nome “pinha” ou apenas “anona”. Devido a sua aparência, alguns podem confundir com a atemoia, fruta da mesma espécie, mas que é o resultado do cruzamento de duas frutas distintas.

Esse fruto cresce em árvores do gênero Annona. E, aqui no Brasil, é possível encontrá-la principalmente nos estados do Maranhão, Piauí, Pará, Ceará e Goiás. Por isso, não é raro encontrar pessoas que nunca tenham experimentado a fruta.

Estima-se que a primeira muda chegou no Brasil em 1626, no estado da Bahia, pelo então governador Diogo Luís de Oliveira, conhecido por ser o “Conde do Miranda”. Inclusive, é por conta da alcunha que vem o nome “fruta do conde”. E esta é uma fruta natural da América Latina, especificamente das Antilhas, por isso se adaptou bem em território brasileiro.

Para que serve a fruta do conde?

Muitos estudos vêm sendo feitos a respeito das propriedades da fruta. Dentre eles, pode-se concluir que ela é capaz de gerar diversos benefícios no tratamento de algumas doenças e condições, uma vez que ela é antioxidante e anti-inflamatória.

Contudo, por mais que ela seja benéfica para diversas questões, deve-se ter alguns cuidados durante o consumo. Afinal, tanto a sua casca quanto as suas sementes possuem um efeito tóxico. Por isso, essas partes devem ser descartadas.

Assim, como a polpa é benéfica a saúde humana, a semente da fruta é, muitas vezes, utilizada para preparar alguns inseticidas.

Quais os benefícios da fruta do conde?

A fruta já é estudada há muito tempo, e vários benefícios já foram levantados. Dentre os principais benefícios da fruta do conde, podemos citar os seguintes:

Ajuda no fortalecimento das células favorecendo o combate ao câncer

Devido ao fato de ser antioxidante e pelos seus compostos bioativos, a fruta detém ação antitumoral, o que pode reduzir a proliferação das células do câncer. Vale ressaltar que alimentos naturais podem auxiliar de forma natural e lenta, o fortalecimento do organismo e prevenindo doenças.

Diminuição da dor

A fruta do conde tem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias. Assim, de forma suave e natural, auxilia na diminuição da dor, já que inibem a produção de citocinas e interleucinas.

Melhora a cicatrização

O extrato alcoólico da fruta estimula as células da pele, como o colágeno. Por isso, auxilia na cicatrização e na diminuição do inchaço por retenção de líquidos.

Ossos saudáveis

Por ser rica em cálcio, fósforo e magnésio, a fruta do conde tende a favorecer a prevenção de doenças como osteoporose, raquitismo ou osteopenia, por exemplo.

Fortalece sistema imunológico

Rica em vitamina C, a fruta estimula a produção de glóbulos brancos, os quais são essenciais para prevenir e combater infecções, resfriados, gripes etc. Por isso, fortalece o sistema imune.

Como comer fruta do conde:

A fruta pode ser consumida retirando a casca, e comendo a polpa. Tenha atenção em dispensar as sementes. Igual é feito ao chupar outras frutas como uva e acerola.

Pode ser feito suco, vitamina ou ainda sorvete e creme com a polpa. A textura fica cremosa, saborosa e muito nutritiva.

Onde comprar?

É uma fruta que se encontra com bastante facilidade nas regiões do Nordeste, mas é possível ser encontrada nos Mercados Municipais Centrais de cada região, onde são vendidas frutas sazonais e atípicas.

Experimente adicionar em sua dieta e comprove as melhorias que pode gerar em seu organismo.

Veja outros conteúdo e dicas

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Você pode gostar

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.